Você jogaria sua câmera para o alto?

11/09/2011 § 17 Comentários

Quem acompanha o mundo dos blogs deve conhecer uma mania entre os fotógrafos mais criativos e audaciosos: a técnica denominada de camera tossing. A mania, supostamente criada pelo americano Ryan Gallagher, é divulgada em um grupo de usuários do Flickr, onde você encontra imagens como essas abaixo:

A “filosofia” do grupo é jogar para o alto toda a técnica e planejamento da fotografia – incluindo a câmera! Não, você não entendeu errado: os mais corajosos realmente arremessam seus equipamentos, às vezes a mais de dez metros de altura! Ajustadas para capturar em baixa velocidade, as câmeras retornam ao solo com um registro da viagem às alturas. Quando isso é feito no escuro, em frente a luzes coloridas, o efeito desejado é o que vimos acima: algo parecido com o Light Painting. Incrível, não?

Há também quem programe a câmera (ou use o controle remoto das que oferecem o recurso – já disse que eu estou doida para comprar um controle remoto? Facilita muito para os autorretratos!) para capturar várias fotos em seqüência. Em condições de iluminação melhores, o resultado pode ser algo como os exemplos abaixo, que funcionam também como prova de que o sujeito é realmente corajoso (ou rico, claro!) o suficiente para arriscar a câmera.

Embora um dos frequentadores do grupo do Flickr tenha publicado um vídeo em que aparece arremessando sua reflex digital Canon 10D, um modelo inicialmente vendido a US$ 1.500, a maioria dos audaciosos “tossers” o faz apenas com câmeras baratas, já meio velhinhas e usadas, às vezes compradas em saldões após saírem de linha.

É o caso do lançador da moda, que já publicou até fotos de sua surrada Agfa ePhoto CL18 remendada com fita isolante. A câmera de resolução VGA (0,3 MP) com 2 MB de memória interna e sem monitor de LCD nem é mais encontrada para vender, mas um modelo bem superior sai por US$ 30 no eBay. É um lixo para qualquer fotógrafo que se preze – e é por isso que ninguém tem pena de abusar da coitadinha!

É recomendado o uso das digitais mais baratas do mercado, que seriam até mais resistentes do que os modelos avançados. Outra alternativa são câmeras de filme descartáveis, embora essas raramente tenham recursos de contagem regressiva ou controle do tempo de exposição.

De um jeito ou de outro, a maior preocupação deve ser com o “retorno” da câmera. Os mais confiantes simplesmente as agarram com as mãos antes de caírem no chão, mas outros adeptos da prática recomendam aparar a queda esticando a frente da camisa ou mesmo lançando mão de uma rede como as usadas para caçar borboletas. Já sugeriram até um pára-quedas acoplado à câmera, mas ele provavelmente comprometeria a fluidez do movimento capturado.

Gostei bastante dos resultados e fiquei com vontade de tentar. O problema é: Será que eu teria mesmo coragem de arriscar alguma câmera minha, independente dela ser velha ou não? E vocês, arriscariam? Me contem nos comentários!

P.S.: As informações foram retiradas neste site.

Giovanna Varga

 

Anúncios

Marcado:, , , , ,

§ 17 Respostas para Você jogaria sua câmera para o alto?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Você jogaria sua câmera para o alto? no Photography is my drug.

Meta

%d blogueiros gostam disto: